Alunos do 11.º ano em visita de estudo a Lisboa

AtividadesComentários fechados em Alunos do 11.º ano em visita de estudo a Lisboa

A  visita a Lisboa passou por vários locais: pelo Museu da Eletricidade, o percurso queirosiano pela cidade e os vários locais geológicos como a Boca do Inferno, a Praia Grande e o Penedo do Lexim. Todas estas paragens estão relacionadas com as várias disciplinas do currículo escolar, no entanto não é na parte “escolar” que me quero focar.

Confesso que escrever sobre a visita e retirar o motivo pelo qual ela existiu, pareceu-me um pouco complicado à primeira vista. Mas, algumas semanas após a visita, os momentos que recordo mais vivamente não foram criados em nenhum dos locais pedagógicos da visita.

As longas horas de viagem e o barulho na camioneta que nos impossibilitava a sesta pós-almoço, o jantar improvisado no parque de campismo, os muitos jogos de sueca, e as poucas horas de sono são algumas das memórias que recordo com mais frequência e carinho e não falham em pôr-me um sorriso na cara.

O sentido de camaradagem e a hipótese de grandes momentos de diversão são fatores que para nós, alunos, são determinantes para a participação em atividades como esta. E tenho a dizer que esta visita não nos desiludiu e proporcionou-nos tudo o que dela esperávamos.

Sei que, provavelmente, os professores que nos acompanharam passaram alguns momentos infernais, mas acredito falar pela vasta maioria dos alunos, que foram à visita, quando digo que esta visita foi um dos pontos altos do ano letivo.

E assim concluo. Retirando o conteúdo escolar da visita, que é o fundamentalmente o cerne da visita, o que resta são os momentos que, com certeza, todos os alunos recordarão com mais frequência e vivacidade.

Afonso Quintas Costeira, abril 2017

© Agrupamento de Escolas Sá de Miranda - Braga