Isometrias no quotidiano

AtividadesComentários fechados em Isometrias no quotidiano

No âmbito do estudo das Isometrias, as turmas D, E e F do 6.º ano fizeram vários trabalhos que estão expostos na biblioteca e na sala 2.7 de Palmeira.

isometrias

 

 

Isometrias são aplicações que transformam uma figura geométrica numa outra, geometricamente igual à primeira, ou seja, onde se conservam as distâncias entre os pontos e a amplitude dos ângulos.
A isometria tem sido usada pelo homem nas suas criações desde os tempos mais remotos. Muitas vezes o homem copiava da Natureza os motivos para reproduzir. Os povos
antigos utilizaram figuras geométricas como elementos decorativos e, com o desenvolvimento das civilizações, as figuras adquiriram disposições mais complexas. Surgiram assim, isometrias como padrões na moda, nos objetos, na construção civil, na Arte, fazendo parte do quotidiano de todos.
Os ornamentos com repetições de uma mesma figura geométrica, tais como rosáceas, frisos ou pavimentações pode ser observado em edifícios, painéis de azulejos, pavimentos de
calçada portuguesa, vitrais de igrejas, utensílios do dia a dia tapeçarias, roupa, papéis de parede e quadros de artistas famosos.
Houve um artista gráfico holandês, Maurits Cornelis Escher(1898-1972),que ficou famoso com as suas composições criativas baseadas em Isometrias. Assim, mais uma vez percebemos como a Matemática está bem perto de nós e faz parte do nosso quotidiano.

© Agrupamento de Escolas Sá de Miranda - Braga