A Escola Básica de Palmeira e o Projeto MAPEAR

AtividadesComentários fechados em A Escola Básica de Palmeira e o Projeto MAPEAR

A Escola Básica de Palmeira estabeleceu uma parceria com a ASPEA (Associação Portuguesa de Educação Ambiental) para o desenvolvimento do projeto piloto mapear (Mapeamento ambiental colaborativo da qualidade do ar e ruído), financiado pelo Fundo ambiental 2020.

O projeto piloto mapear teve como objetivo principal promover a literacia ambiental da qualidade do ar e do ruído. Estiveram envolvidos neste projeto alunos de duas turmas, uma de 8º e outra de 9º anos, turmas D e C respetivamente (ver fotografias 1-14).

Através da utilização de instrumentos de medição e de ferramentas digitais, os alunos fizeram a monitorização e mapeamento de dados relativos ao ar e ruído numa zona envolvente da escola. Posteriormente fizeram a análise e diagnóstico dos resultados e, com uma atitude critica e proativa, irão propor e disseminar boas práticas para a melhoria da qualidade do ar e do ruído.

Após o término do projeto piloto mapear (novembro de 2020), foi dada continuidade a este projeto, agora inserido no Eco-Escolas no tema “Qualidade do ar que respiramos” e a nossa escola decidiu dar-lhe continuidade, envolvendo alunos de várias turmas de 8ºano e o 9ºC.

A qualidade do ar que respiramos é influenciada por um conjunto de partículas inaláveis em suspensão na atmosfera. Destacam-se as partículas PM10 (com diâmetro inferior a 10 µm) e PM2,5 (com diâmetro inferior a 2,5 µm). Para avaliar a qualidade do ar que respiramos foi criado o IQar (Índice de Qualidade do ar) que é o termo utilizado para traduzir o grau de poluição do ar respirável. A qualidade do ar é um fator que influencia largamente a saúde humana, podendo levar ao aparecimento de doenças diversas, dos sistemas respiratório e cardiovascular.

Nesta nova fase do projeto, a monitorização da qualidade do ar passou a ser feita, apenas, através da leitura do tubo fixo colocado num dos blocos da escola, o qual mede diariamente a quantidade de partículas PM10 e PM2,5 libertadas para a atmosfera.

Após monitorização dos dados do tubo fixo, durante um certo período de tempo, os alunos realizaram trabalhos sobre a Poluição do ar pelas partículas PM10 e PM2,5 e os efeitos na saúde humana resultantes da inalação destas partículas (ver fotografias 15-19).

Trabalhos realizados no projeto:

https://www.calameo.com/read/006650070b68081c5d2e6
https://www.calameo.com/read/006650070ded5fbc4cb4f
https://www.calameo.com/read/006650070b2dc6c0a6425

© Agrupamento de Escolas Sá de Miranda - Braga